Gospel Reflections

DOMINGO DE PÁSCOA

João 20: 1-9

Feast Day Reflection by Sister M. Tecla S. Gaia

Published: April 05, 2015

Read João 20: 1-9

No primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao túmulo de Jesus, bem de madrugada, quando ainda estava escuro, e viu que a pedra tinha... Read More…


Graça: Para ser feliz e se alegrar intensamente por causa de como o Senhor ressuscitado transforma a nossa vida.

Reflexão:
O Evangelho de hoje conta a historia de, Maria Madalena é a primeira a encontrar o Senhor ressuscitado. Ele transformou a sua vida. Ela amava Jesus profundamente e tornou-se seu discípulo. Ao pé da cruz, ela testemunhou a morte de Jesus. No jardim do lado de fora do túmulo, ela foi a primeira a contemplar a Cristo após a ressurreição. Ninguém poderia visitar o túmulo no sábado porque a viagem seria uma violação. O sábado é o nosso sábado, por isso foi na manhã de domingo que Maria foi para o túmulo. Ela foi muito cedo. Ela foi ao túmulo logo que pudesse. Ainda estava escuro cinza quando ela foi porque ela não podia mais ficar longe.

Quando Maria disse aos discípulos sobre o túmulo vazio, Pedro e João correram ao túmulo. João, sendo o homem mais jovem, entre Peter. Quando ele chegou ao túmulo, ele olhou em, mas não entrou. Ao chegar, Peter entrou. Peter foi surpreendido com o túmulo vazio. Joao, ficou impressionado com a visão dos panos, deitado dobrado no túmulo, não removido, mas como se Jesus tivesse simplesmente desaparecido, e seu tumulo estava vazio. Imediatamente, João viu e creu na ressurreição.

Maria, que amava Jesus tão claro, foi o primeiro no túmulo. Mesmo que as lágrimas não permitiu que ela a reconhecer o Senhor, amor abriu seu coração e lhe permitiu reconhecer a Cristo. João, o discípulo amado, foi o primeiro a acreditar na Ressurreição. Ele foi o primeiro homem a compreender e acreditar. O amor deu-lhe os olhos para ler os sinais e de acreditar.

Quando nos deparamos com o amor, ele abre os nossos corações e as nossas mentes ajuda. O amor nos ajuda a entender e acreditar. Muitas vezes, rezamos com o hino ao Amor em Coríntios 13: "O amor é a paciência, o amor é bondoso ..." Quando nós rezamos com ele, nós costumamos ficar com a última parte: "O amor sempre protege, sempre crê, tudo espera, tudo suporta." O amor nos estica e vem em nosso auxílio. Quando nos falta a paciência e criatividade para dar de nós mesmos em profunda afeição, amor nos sustenta. Ser profundamente amado nos dá força. Estar no amor nos dá coragem.

Quando encontramos Jesus, somos transformados e obrigou a olhar para fora. Cristo nos convida a ir para o mundo e pregai o Evangelho a todas as nações. Isto é o que o Senhor Ressuscitado diz a Maria: Vai e dize a boa notícia para o resto dos discípulos. Cristo nos manda ir ao mundo para servir a sua Igreja e para curar um mundo quebrado. Ser amado por Cristo fortalece nossos corações para anunciar a boa nova. Estar no amor com a Palavra de Deus nos encoraja a servir os nossos irmãos e irmãs e de trabalhar juntos para curar um mundo de desigualdade sociais. E lutar pela uma sociedade justa e igualitária.

Algumas perguntasPara nos ajudar em nossa reflexão pessoal.

1) O que o impressionou neste texto que descreve a primeira experiência da ressurreição?

2) O discípulo amado entrou, viu e acreditou. O que ele viu e que o levou a acreditar? Por que é que o texto nos diz apenas a reação do discípulo amado, e não o de Pedro?

3) O que as mudanças ocorrem em Maria Madalena durante o diálogo? Como foi essa mudança acontecer?

4) Que missão Jesus dá Maria Madalena?

5) Maria Madalena foi em busca de Jesus de uma maneira e atende-lo em outro. Como é que isto ocorre em nossas vidas?

6) Para ver e crer. O discípulo amado viu e creu. O que é que me leva a crer que Jesus está vivo, que ele está presente no meio de nós, hoje, dando vida nova aos pobres?

7) Você já passou por uma experiência de perda ou morte? O que lhe deu vida nova ou uma nova esperança e da alegria da vida?

 

« View all Gospel Reflections